Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

08/02/2021

Tráfego da Azul cai 11% em janeiro, mas segmento doméstico avança

O tráfego consolidado da Azul Linhas Aéreas recuou 10,9% em janeiro, para 2.293 milhões de passageiros por quilômetro transportado (RPKs, na sigla em inglês), em relação ao mesmo mês de 2020.

A capacidade também caiu, 5,5%, para 2.913 milhões de assentos por quilômetros oferecidos (ASKs, na sigla em inglês). A companhia reportou ainda queda de 4,8 pontos percentuais (p.p.) na taxa de ocupação, para 78,7%, ante taxa de 83,5% divulgada em janeiro de 2019.

No comparativo com o mês de dezembro, o tráfego de passageiros consolidado registrou avanço de 13% e a capacidade de assentos cresceu 14,8%.

Além disso, em janeiro o segmento doméstico registrou avanço ante o mesmo mês de 2019.

O tráfego de passageiros aumentou 13,2% e a capacidade 17,6%. Já a taxa de ocupação diminuiu 3,1 pontos percentuais, para 79,3%.

Nos voos internacionais, o tráfego teve uma baixa de 82% em janeiro de 2020, a capacidade uma queda de 77,5% e a taxa de ocupação uma redução de 17,4 pontos percentuais, para 69,7%.

“Iniciamos o ano de uma forma muito positiva, como uma das poucas companhias aéreas do mundo, se não a única, a recuperar a capacidade doméstica para níveis acima de 2019. Seguimos monitorando de perto os avanços da pandemia e o impacto positivo do esforço de vacinação, e permanecemos confiantes na retomada total da nossa capacidade no ano de 2021”, afirmou em comunicado o diretor-presidente da Azul, John Rodgerson.

(Esta reportagem foi publicada originalmente no Valor PRO, serviço de informações e notícias em tempo real do Valor Econômico)

88129129-ec-20-20aeronave-20embraer-20195-e2-20da-20cia-20a-c3-a9rea-20azul--20foto-20divulga-c3-a7-c3-a3o

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678